quinta-feira, 3 de abril de 2014

Imagens com palavras



Adoro esta imagem. Acho que mostra tudo o que realmente se passa no outro lado das guerras, das armas, da fome, da miséria e da desgraça. Existe um óptimo documentário repartido em 4 episódios que explica e mostra realmente o que é que se passa nos países onde existe petróleo, chama-se o segredo das 7 irmãs. Já vi os dois primeiros episódios e realmente deixa-me revoltada e sem forças. Revoltada por saber que esta merda é conhecida por todos. Todos sabem os reiais motivos da guerra mas ninguém é capaz de fazer absolutamente nada para implantar a paz (e ainda ganham Prémios Nobel da Paz). E sem forças porque, lá está, o poder/dinheiro consegue na maioria das vezes comprar tudo. Muitos não fazem nada porque por trás, existe alguém que lhe enche os bolsos de notas. Gostava de saber o porquê desta porra toda. Gostava de saber se, à noite, quando deitam a cabeça na almofada conseguem dormir tranquilos sabendo que do outro lado das mansões, jóias, do luxo, existe quem esteja com fome, na miséria ou à beira da morte por falta de um simples copo de água potável. Gostava de saber como é que conseguem viver felizes com as contas bancárias cada vez mais recheadas de dinheiro, ganância e miséria. Será que é só isso que conta? Não percebo o porque de querem sempre mais, mesmo que a maioria de nós tenha de viver com menos. Ou não viva, sobreviva. Será que pensam que são imortais? Os ricos estão cada vez mais ricos, mas como?  Como é que esses ricos que estão cada vez mais ricos, porque tiram cada vez mais aos pobres conseguem viver tranquilos? Porra, ser milionário não chega? É preciso ser bilionário e depois ser multimilionário mesmo tirando o pão a quem tem fome? Ser milionário não chega, mesmo sabendo que esse dinheiro irá dar para 10 gerações seguintes? É preciso chegar a vinte? Não existe limites. Não percebo. Aliás, percebo: O mundo em que vivemos hoje é de facto miserável. 

3 comentários:

Kate disse...

Não diria melhor... Hoje em dia o que conta é o dinheiro, só e apenas, principalmente para estes "senhores" que se dizem donos da verdade e do mundo... Não há humanidade, não há humanização...e isso deixa-me profundamente triste...

Duquesa disse...

Não podia concordar mais contigo! Tenho pena que assim seja...

Emma disse...

Por me sentir assim é que apesar de gostar de ver documentários deste género os evito ver. Uma pessoa sente-se tão impotente :s
Eu faço o voluntariado atrás da minha faculdade e tem de se começar a fazer no inicio do ano lectivo, por isso agora já não dá :/