quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Go On


Dói quando percebes que és o único a rumar contra a maré, que és quem segura primeiro nos remos e ajeita a vela enquanto o outro apenas assiste. Dói quando percebes que és o único que tenta, que consegue, que se esforça num novo começo com um diferente fim. Dói quando percebes que o interesse diminuiu, que as prioridades não estão ajustadas e que o tempo virou desculpa para os não encontros. Dói quando percebes que estás a dar mais numa relação do que o outro. Dói, mas dói muito mais quando não temos consciência disso e continuamos a fazer esforços em vão, a lutar em vão, a acreditar em vão. Dói, dói muito mas irá deixar de doer porque o amor que sinto por mim é maior que todos os outros.

2 comentários:

Ace disse...

E na tua cabeça conseguirás achar o que é melhor para ti. Com o tempo. Pouco a pouco.

Jade disse...

O tempo mostra-nos se as nossas decisão foram corretas para nós, espera calmamente...