domingo, 14 de setembro de 2014

Olhar em frente!

Estes dias têm sido complicados. Não estou a conseguir olhar para o lado certo da vida e fazer o equilíbrio entre o agradecer aquilo que tenho e sou e os pesos pesados que carrego às minhas costas e dentro de mim. . Sou a favor de olhar em frente para não tropeçarmos em capítulos passados e para baixo, para conseguirmos perceber o quanto estamos em cima com a Vida. A família, os amigos, a faculdade. Mas neste momento, o aperto do peito é mais forte e tapa-me a vista. Às vezes sinto-me perdida, esgota, com o pensamento distorcido. Mas noutras, tento olhar em frente, que é em frente que se faz o caminho, e tirar as forças que tanto preciso nas coisas boas que eu sei que tenho à minha volta e dentro de mim. Só depende de mim estancar as lágrimas que tantas vezes têm percorrido o meu rosto e dar lugar ao melhor sorriso do mundo: o meu. 

3 comentários:

Catarina disse...

Oh, força. Espero que as coisas melhorem.

Inês disse...

É mesmo isso que deves fazer. Gostei bastante do teu texto :)

Gata disse...

Mas o que é que se passa, menina?
Beijinhos